O grande número de modelos de dispositivos móveis disponibilizados no mercado pode dificultar a vida de quem procura comprar um celular para idoso.

Isso porque muitas vezes as funcionalidades trazidas pelos modelos mais modernos não interessam ao idoso ou, ainda, porque este tem dificuldade em acessá-las e, portanto, tornam-se obsoletas.

Além disso, muitas vezes os aparelhos não comportam tamanho de tela ou de teclas que torne possível o idoso fazer uso dele, seja por dificuldades de visão ou mesmo falta de coordenação motora exigida pelo design do celular.

Para auxiliar, preparamos algumas dicas para escolher um celular para idoso, assim como quais os melhores modelos no mercado conforme o perfil dele. Confira!

celular para idoso

DICA: Compare planos de celular, telefone e internet com o Compara Plano.

Celular para idoso: o que considerar antes de comprar

Primeiramente, é preciso levar em consideração alguns pontos importantes antes de adquirir um aparelho celular para uma pessoa da terceira idade.

Antes de mais nada, cabe ressaltar que é considerado idoso o cidadão brasileiro com mais de 60 anos. Contudo, com o aumento da expectativa de vida que, por sua vez, deve em muito ao aumento da qualidade de vida, da alimentação, de acesso à saúde e à educação, também mudou o perfil do idoso.

Dessa maneira, deve-se ter em mente que os idosos, assim como os jovens, possuem capacidades e interesses diferentes entre eles.

Ou seja, não é possível esperar que todos os idosos tenham dificuldades com tecnologia ou que não tenham interesse nela, pois a globalização e a popularização da internet nos últimos anos mudaram completamente o cenário social mundial.

Nesse sentido, considere quem é o idoso que será presenteado com um celular. Caso ele seja uma pessoa ativa, que já está acostumada a lidar com aparelhos tecnológicos e usa frequentemente a internet e outras tecnologias, é completamente possível que ele use um celular mais moderno e com diversas funcionalidades.

Isso é importante, também, para aqueles idosos que usam frequentemente redes sociais, gostam de tirar fotos e compartilhar outros tipos de conteúdos que requerem dispositivos mais desenvolvidos.

Por outro lado, caso o idoso não seja familiarizado com o uso de ferramentas tecnológicas ou mesmo não tenha interesse nelas, desejando tão somente o aparelho para ligações ou mensagens, não há necessidade de aparelhos top de linha. Dessa forma, os dispositivos básicos são suficientes.

Além disso, deve ser levado em consideração, nesse caso, eventuais dificuldades de visão ou, ainda, motoras, pois existem celulares para idosos que promovem a inclusão social da terceira idade.

celular para idoso

Celulares para idosos: quais escolher

Conforme já citamos acima, o fato do usuário ser idoso não o impede de utilizar aparelhos modernos e top de linha.

No caso de apreço pela tecnologia e facilidade para lidar com ela e aparelhos modernos, o celular para idoso pode ser qualquer um que se enquadre no seu orçamento e que apresente o máximo possível de funcionalidades.

Contudo, caso se trate de um idoso com limitações tecnológicas ou que pretende usar o dispositivo móvel apenas para a realização básica de chamadas, separamos algumas dicas valiosas para auxiliar na escolha do celular para idoso.

Modelos especiais de celular para idosos

Confira dispositivos móveis que tem por objetivo primordial o fácil acesso e praticidade que são ideais para pessoas da terceira idade que ainda estejam se familiarizando com a tecnologia e aparelhos celulares.

Geralmente, o celular para idosos possuem botões numéricos que facilitam a digitação, caracteres especiais e elementos destacados. Além disso, possuem funcionalidade de conexão de rádio AM/FM, reprodução de músicas MP3, capacidade de dois chips para linhas distintas (Dual Chip).

Por fim, modelos de com função SOS também são indicados para idosos. Essa funcionalidade permite o envio automático de mensagens por meio de um clique em um botão em situações de perigo ou que demandem auxílio. Essa função é muito importante para idosos que moram sozinhos ou vivam em locais isolados e, ainda, para quem possui doenças.

Confira alguns tipos de celulares para idosos

Dentre os modelos que são essenciais para idosos nessas condições, está o LG 360, modelo flip, (dobrável), internet 2G, câmera de 1,3 MP e rádio FM.

Por outro lado, outro modelo que também chama a atenção é o Multilaser Vita 3 Dual, que possui botão de emergência, teclas grandes, camera VGA e capacidade de dois chips.

Também, merece destaque o Zenfone 4, que apesar de ter tela touch screen (sensível ao toque), possui recursos de acessibilidade, função SOS e Rádio FM.

O DL YC 230, por sua vez, é um celular para idoso mais simples, sem câmera frontal ou acesso à internet, ideal para quem pretende apenas fazer ligações e enviar mensagens SMS ou, ainda, more em uma região que não suporte a tecnologia de internet móvel.

Já o modelo DL YC-110 possui teclado físico e maior, com botão SOS, lanterna, acesso à rádio FM e bateria de longa duração. Contudo, ele também não tem acesso à internet.


0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *